#

.html
Versículo do Dia


quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Em memória de Mim

I Cor. 11:23-29 
Introdução:
A narrativa sobre a celebração da Ceia do Senhor é extraordinariamente inspirativa trazendo consigo ensinamentos preciosos para a vida daquele cujo almeja salvação.
  • A declaração “Em memória de mim” nos reporta, pelo menos a três reflexões:
1) A reflexão da gratidão.“Porque eu recebi do Senhor o ensino que passei a vocês: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, pegou o pão e deu graças a Deus e disse: Isto é o meu corpo, que é entregue em favor de vocês. Façam isto em memória de mim.” (Vs. 23,24)
Jesus entrega Sua vida e rompe a barreira que impedia o homem de se achegar ao Pai. O pecado é vencido na cruz.
2) A reflexão da introspecção.“Este cálice é o novo acordo feito por Deus com o seu povo, acordo que é selado com o meu sangue. Cada vez que vocês comem deste pão e bebem deste cálice, anunciam a morte do Senhor, até que ele venha.” (Vs.25,26


Participar da Ceia do Senhor requer do homem uma introspecção de sua vida e consequentemente a renuncia do seu eu.
3) A reflexão da aceitação.“Por isso aquele que comer do pão do Senhor ou beber do seu cálice de modo que ofenda a honra do Senhor estará pecando contra o corpo e o sangue do Senhor. Portanto, que cada um examine a sua consciência e então coma do pão e beba do cálice.” (Vs. 27,28) 
Só participa da ceia, aquele cujo se permitiu fazer uma introspecção avaliativa sobre a sua gratidão a Deus e sua condição humana lhe permitiu, não só reconhecer, como aceitar que é pecador e que somente Cristo é capaz de libertá-lo(a) do jugo do pecado.
Conclusão:
Esta celebração afirma o quanto Deus, por meio de Seu filho, não só ama e aceita o pecador, como lhe faz morada fazendo-o refletir sobre a presença do Espírito Santo a partir de sua gratidão introspecção e aceitação.
Por: Pastor Carlos Eduardo (Pr. Kadu)

Avalie o artigo:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.