#

.html

Curso livre básico de teologia.

Procura apresentar-te a Deus aprovado...2 Timóteo 2:15.

Loja Virtual!

Porque o chamado é coletivo. A vocação, individual.

Mantenedor

Seja um mantenedor deste ministério!!!

Web Rádio Atitude Gospel!

Levando louvor, adoração e ministração até os confins da terra.

Reflexões Pastorais

Seja edificado(a) com estas reflexões pastorais.

Versículo do Dia


terça-feira, 10 de outubro de 2017

O brilho que há em ti


Observe o sol... Independente condição do dia, quer com nuvens ofuscando seu brilho, quer não, todos dias, nasce fazendo sua parte. 
Nem mesmo as nuvens carregadas que trazem  as tempestades tirando seu calor, o impedem de  fazer sua parte. 
Reflita ao mundo o sol que há em ti. 
Não permita que as adversidades ofusque seu dia. 
Que assim como o sol, nada venha ofuscar o brilho de Deus em sua vida. 
Maior é o que está em ti, do que o que está no mundo. (1Jo 4.4 adaptado)

Não deixe ninguém tirar seu brilho!


Em Cristo Jesus; Pr. Kadu

sábado, 7 de outubro de 2017

Quando o sentido perde a razão

Texto: Mateus 6.19-24

Introdução
 O maior transtorno emocional na história da humanidade, sempre foi sua preocupação com o amanhã. Se observarmos, superficialmente, as escrituras, é notório destacar quando este transtorno tem legalidade na vida do homem. Quando lemos “E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher; e não se envergonhavam (Gênesis 2:25)," podemos considerar que a partir do pecado o homem deu total legalidade este transtorno. 

Com base neste pano de fundo, podemos afirmar que o homem vive o presente preocupado com o que não viveu ou não viveu no passado, afastando de si a paz (Deus - Filipenses 4:7). Por outro lado, tranquiliza sua ansiedade e angústia (Inimigo - 1Pe 5:8).

1-  A busca equivocada pelo ter v22
“A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz.”

A parábola do filho prodigo ensina o quanto a candeia do corpo são os olhos. Pois quanto mais se busca ter de forma equivocada, mais distante do ter se fica, pois para ter é necessário ser.

“Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence Lucas 15:12).”

 O texto reporta quanto aquela atitude distanciou o filho de próspero, uma vez que o autor aos Hebreus relata que “onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador (Hebreus 9:16).”

2-  A busca equivocada gera desiquilíbrio v23
“Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!”

Quando o homem permite que os valores materiais assumem primeiro lugar em sua vida, se propõe sofre todas as consequências em busca destes valores, muitos são levados à frustração ou enfermidade, à depressão e as vezes, ao suicídio, tanto físico, como espiritual.

3-  O desiquilíbrio desvia a verdadeira prosperidade v24
“Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.”

A parábola do rico insensato, enfatiza o quanto o desiquilíbrio desvia a verdadeira prosperidade.

"Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será (Lucas 12.20)?"

Nessa parábola, Jesus conta a história de um homem rico que conseguiu uma colheita muito grande em suas terras construindo grandes celeiros afim de armazenar mais alimentos para ostentar sua riqueza por longos anos. Deus, porém, reprova aquele pensamento e diz que ele morreria naquele mesmo dia. Jesus critica o cuidado daquele homem em acumular tesouros na terra e não se preocupar em construir tesouros no céu.

Reflexão:
O que lhe mais era surpreende na história da Humanidade? E ele respondeu:
- Os homens … E justificou...
Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro.
E vivem como se nunca fossem morrer…
… e morrem como se nunca tivessem vivido.

Conclusão v19-21
“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”

Por: Pastor Carlos Eduardo (Pr. Kadu)

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Um adorador sensível ao Espírito Santo de Deus


Sabemos que a Adoração dirigida à Deus, só existe em um coração quebrantado, que desvie do pecado e que busque uma plena convivência com Ele a partir do momento em que o pecador reconhece Seu Filho como Senhor e Salvador de sua vida. Adhemar de Campos, relata em seu livro “O poder da música a serviço da adoração” (p.31) “Quando nascemos de novo somos separados do pecado a fim de vivermos para o Senhor Jesus que por nós morreu e ressuscitou.”

Todavia, existem algumas condições para que o homem seja um adorador completo, como filho redimido, precisa ser sensível a voz de Deus e direcionado pelo Espirito Santo. O Consolador enviado por Jesus Cristo quando subiu aos céus. Quando o homem recebe Jesus e O aceita em espírito e em verdade, passa a depender desse Espírito, pois devido o pecado hereditário, o pecado Adâmico, o homem trás do ventre, seu estado falho e logo precisaria de ajuda.

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; vós o conhecereis, porque ele habita convosco e estará em vós  (João 14:16, 17).”




Tente imaginar a ascensão de Cristo aos céus sem deixar sem direção, o que seria do homem? Por isso, Jesus oferece o seu Espírito. O homem necessita conhecê-lo para desenvolver um relacionamento, próximo e direto com o Pai. Afinal é o Espírito d'Ele o intermédio da oração humana com gemidos inexprimíveis. “… mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis (Romanos 8:26b)". Vale a pena ler Romanos 8 para entender mais sobre o assunto.

Quantas vezes ao orarmos, nossa oração toma outra direção, que no fim traz ótimos resultados? Pois é, foi justamente ação do Espírito Santo, que colocou em nossa mente exatamente o que deveríamos conversar com Deus, em concordância com o Pai, levando nossa oração aos céus.




Assim como o Espírito (que não é um vento ou uma luz, mas o próprio Deus e que de nenhuma forma é menos importante), nos conduz nas orações, Ele nos conduzirá nas decisões a serem tomadas, na Sua Palavra, nos louvores, no ministério, em conversas e durante toda a nossa vida se formos atentos ao Seu sussurro. Assim como abre os nossos olhos para as oportunidades e como devemos desviar do pecado.

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade (João 4:23-24).”

O Espírito Santo de Deus, é como um amigo que entende o nosso coração, que não deseja que caiamos, pequemos, tratemos mal ao próximo ou machuquemos nosso coração todas as vezes que ignoramos Sua presença em nossa vida. Pois somente pelo Espírito nossos olhos espirituais são abertos e podemos caminhar de maneira digna e honrada, como verdadeiros adoradores. Adoradores estes que o Pai procura.

“Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.”. (Romanos 8:2).

Adaptado Por: Pastor Carlos Eduardo