#

.html
Versículo do Dia


sábado, 11 de março de 2017

Existe serviço vão no Senhor? Pior que existe!

Texto: 1Co 15:58

Introdução:
Após a triste experiência de informar o lançamento da nova bíblia "graça sobre graça" em um evento de uma determinada igreja, parecendo não surtir efeito algum, debrucei-me no texto proposto e pude perceber que, assim como os senhores "Pastor Marvel Souza e Presbítero Raphael Lira," idealizadores da obra, deturparam e alteraram a Sacro Santa Palavra de Deus, de igual modo encontramos alguns "dos que se dizem cristãos" fazendo igual ou até mesmo pior que estes, remetendo-nos a, pelo menos, dois pensamentos:

a-) Falta de conhecimento e intimidade com as Escrituras, conforme a narrativa proferida pelo profeta Oséias 4.6
b-) Excesso de conhecimento e falta de intimidade com Deus, conforme lemos em Juízes 16.20 

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantessempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor."

Todavia, a pergunta que não quer calar é: Como pode existir serviço vão no Senhor uma vez que o texto afirma não ser?

1 - O que não é firme, logo é oscilante
Para que o individuo seja firme em algo é necessário que este algo seja mais firme que sua decisão de se firmar. Assim é, ou deveria ser, com todo aquele que lê e pratica as palavras de Jesus, pois é ela quem o dá segurança, concretização, garantia. Tal como exemplifico com o texto de Os 4.6 da introdução deste esboço.

2 - O oscilante, não é constante
A tradução que mais se adéqua neste esboço para a palavra inconstância é a palavra infiel. Assim como uma lampada sem energia não produz luz, a criatura sem o Espírito Santo de Deus, não passa de criatura. Sabemos pois, que o individuo precisa de uma constante motivação para prosseguir e para tanto, sua maior motivação deve ser intimidade com Deus, não para si, mas por amor aos perdidos conforme exemplificado com texto de Juízes 16.20 também utilizado na introdução deste esboço.  

3 - O oscilante infiel, jamais será abundante
Segundo a gramática o verbo que apresenta mais de uma forma para o mesmo tempo, modo ou pessoa: nascido, nato e nado são três formas abundantes do particípio passado de nascer, talvez isso explica o motivo pelo qual lemos em João 3.3 a necessidade de um novo nascimento narrado por Jesus.

Conclusão
Na visão de Calvino, a incredulidade é a única coisa que impede o indivíduo alcançar a vida abundante de Deus, fazendo-o esquecer que satanás também tem seus milagres.
Todavia, segundo escreveu C S Lewis "O Filho de Deus tornou-se homem para possibilitar que os homens se tornem filhos de Deus.
Assim sendo, escreveu Richard Sibbes, "a única  maneira de cobrir nosso pecado é descobri-lo pela confissão", a grande problemática é uma só, muitos não confessam.

Por: Carlos Eduardo (Pr. Kadu)

Avalie o artigo:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.