#

.html
Versículo do Dia


quinta-feira, 23 de abril de 2015

Não basta dizer ser crente.


O mundo jaz no maligno, diz o Senhor, e ainda assim encontramos muita gente confundindo ser crente com ser cristão.

A palavra crente tem sua etimologia fundamentada no que crê, ou seja, está no original grego, pistís, acredita na supremacia de Cristo e na eficácia de Seu sangue remidor, seguindo-lhe os passos por meio de uma religião. Por este motivo, ser crente não significa ser cristão.

Embora os valores estejam invertidos, e muito se aproxima o crente do cristão. Todo cristão é (ou deveria) ser crente, mas nem todo crente é cristão. Apenas crer não significa ser cristão, uma vez que crer até os demônios creem.

Ser cristão é aceitar Cristo como o "EU SOU" - Disse Jesus: "O caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim" (Jo 14:6). Não se pode chegar ao Pai (Deus), senão pelo filho (Jesus), mediante a fé, pela graça do Pai. "o justo viverá da fé" (Hc 2:4).

Ser cristão é aceitar não apenas a divindade de Cristo como também Sua humanidade. Ser Cristão é não fazer da bíblia desodorante ou amuleto, não e ir a igreja dominicalmente apenas, não é dizer ser, sem ser, aliás, ser cristão não é rótulo, mas sim, conteúdo.

Por: Pr Kadu


Avalie o artigo:

2 comentários:

  1. Tenho ensinado à igreja que ser crente é uma definição bíblica para aquele que confia completamente em Jesus como o Filho de Deus, como o Messias. É um estado de allma e não uma declaração vazia de sentimento. Particularmente me esforço para viver como crente em Jesus Cristo e declaro sempre que sou crente no Filho de Deus.
    Visite meu blog entendaabiblia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.