#

.html
Versículo do Dia


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A morte que gera a vida

Texto: João 12.24"

Introdução
Ao observar o texto base, penso que podemos usar o grão como uma metáfora representando você e eu, ou seja, a nossa função como cristãos, uma vez que alcançamos maturidade.

Observe como funciona a natureza do grão.

1 - Compreensão da morte.
Após o fruto amadurecer, automaticamente cai, e caindo, é pego pelas aves para o alimento próprio que, ao pegar este fruto, vai espalhando a semente do mesmo gerando vida em lugares distintos.

2 - Compreensão da vida.
O fruto não tem a opção de permanecer no galho quando alcança maturidade.  Naturalmente cai facilitando o serviço da ave, que pensa somente  estar se alimentando  do grão, contribuindo para espalhar a boa semente.

3 - Quando a morte gera a vida.
Assim como o grão, deveria ser a vida do salvo, uma vez que amadurece, é morto para o mundo é vivo para Deus. Entendendo a necessidade de gerar vida, espalhando a semente das boas novas de salvação.

Conclusão
Se sua morte em Cristo ainda não gerou vida ao mundo é sinal que ainda não alcançou maturidade.
Pense nisto!

Por: Carlos Eduardo (Pr. Kadu)

Avalie o artigo:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.