#

.html
Versículo do Dia


quarta-feira, 5 de março de 2014

E! A igreja abriu as portas...

 ... É. Acabou o carnaval.

Antes de qualquer coisa quero agradecer, caro leitor(a), sua compreensão a esta leitura, pois sinto-me na obrigação de compartilhar o que tenho recebido do Senhor, bem como, o que tenho observado nas redes sociais. O mundo tem falado a respeito deste tema. Bem, vamos a nossa pastoral!  

Na pastoral anterior sentir-me indignado com a quantidade de igrejas que preferiu fechar as portas para os pseudos retiros espirituais (segundo comentou o evangelista Cristian Cesar na mesma).
Ouvi da Irª Vanessa Telles, de Capela SE,  que tal pseudo, lhe fora apresentado com a finalidade de aproximar-se de Deus em: Oração, intercessão pelos governantes, irmãos enfermos, pela violência, que predomina o pais nesta época do ano (diga-se de passagem, segundo os repórteres, por conta deste lindo carnaval, se assim posso dizer, o vocalista do grupo Pique Novo sepultou seu filho de 19 (dezenove) anos, vítima de violência proveniente da festa da carne), e principalmente pelos perdidos.

 Pois é, não sei porque tanta indignação de minha parte uma vez que a palavra de Deus me informa: "por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará" (Mt 24:12b). Exatamente o que está acontecendo nos dias atuais! Muitos estão mornos, piores que a igreja de Laodicéia (Ap 3:15,15;19). A bíblia faz menção de que o amor de muitos esfriaria, não o de todos. Pense comigo, para quem a carta foi endereçada? Qual o interesse do remetente se não alertar aos cristão que precisavam tomar uma atitude cristã, ou seja, sair do muto. Preciso estar inserido neste contexto, pois está escrito: "Como ouvirão se não há quem pregue?" (Rm 10:14c).
Penso estar aqui o motivo da minha indignação. Alguém denominado de CRISTÃO, precisa ficar para anunciar luz ao mundo no período das trevas. Fico maravilhado em ver o pequeno grande Davi (aquele que não se retirou quando Israel mais precisou dele para a queda do carnaval Golias, lembra?). Então, este mesmo Davi escreveu um lindo Salmo: "preparas uma mesa na  presença dos meus inimigos" (Sl 23:5). Qual seria o motivo? Exterminar todos? Penso que, assim como Davi, não podemos temer ao inimigo. Deus confiou a nós resgatar o perdido para Seus reino.
 - Mas, e... o gigante?! Davi não o matou? Sim, aprouve a Deus a necessidade desta atitude.

O grande problema é que temos colocado todos na condição de Golias e só Deus detêm este poder.
- E como saber se nossa atitude condiz com a vontade de Deus?
Simples, colocando-se a Sua disposição orando e lendo e aprendendo com a Sua Palavra, a Bíblia Sagrada, pois quando você ora, você fala com Deus, quando lê a Bíblia, Deus fala com você.
Será que neste retiro você retirou-se de verdade para falar com Deus ou apenas cumpriu uma obrigação dos organizadores responsáveis pelo evento? Calma, não é um julgamento! Apenas uma introspecção.

Pior que se retirar não se retirando, não cumprindo o chamado proposto e confiado por Deus, é não permitir que outros cumpram. Fica a dica! Lideres, se  pretendem fechar as portas durante os próximos carnavais, não fazendo o ide. Missões! Ajudem os que fazem. Enviem suas respectivas ofertas para os missionários, que abriram mão do retiro de carnaval e se retiraram para o carnaval com a única intenção, cumprir o chamado que lhes fora confiado, resgatar o perdido." Como poderão estes anuncias as boas novas sem recursos? Como o perdido poderá ser alcançado se a igreja além de fechar a porta, fechou os olhos, perdeu a visão? (Rm 10:15).
Afirmo-vos nem todas as igrejas ou denominações estão inseridas neste contexto, mas lamento profundamente, as que inseridas estão. 

Querido leitor(a), quero te desafiar a compartilhar este texto. Compartilhe com seu próximo, seu líder, seu pastor. Comente e me ajude a entender se estou equivocado ou se ainda vale apena fazer o ide de Jesus. Que o Senhor nos ajude a olhar o mundo e enxergar o fim no homem, mas o começo em Cristo.

Por: Carlos Eduardo


Avalie o artigo:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.