#

.html
Versículo do Dia


domingo, 23 de janeiro de 2011

Fé, remédio para o coração. Jo 14.1-14


Introdução:
 Os capítulos 14 a 17 fundamentam-se nas implicações da crucificação. Por esta razão Jesus começa encorajando os discípulos à fé, por conta do que experimentarão com sua partida. Jesus sabia que precisariam manter a fé como remédio as turbações do coração. Pois a fé...

1. Elimina todo o medo (v.1)
• O medo é o pior inimigo da fé, Sl 56.3.


2. Focaliza a eternidade (vs.2-4)
• Não há como viver num mundo caído sem a perspectiva da eternidade.

3. Produz intimidade e conhecimento de Deus (vs.5-9)
• Somente por Jesus se chega à verdade, a vida e a Deus. Pois Ele é o Caminho.
• Jesus afirma que os discípulos ainda não o conheciam v.7.
• É possível andar com Jesus sem conhecê-lo.

4. Produz obras extraodinárias (vs.10-14)
• Primeiro, Jesus apela para que se creia nas obras que Ele e Deus realizaram em conjunto;
• Segundo, ele afirma que os que crerem farão as mesmas obras e ainda maiores.
• A grande obra a que Jesus se referiu diz respeito à vida eterna e a verdadeira fé.
• Portanto as grandes obras que faremos concernem à proclamação do Evangelho, no qual todo aquele que crê recebe vida eterna.
• Terceiro, ele afirma que as orações passam a ser uma simbiose de propósitos divino-humanos, fazendo de todas as orações concreções e realizações possíveis.
• Orar em nome de Jesus significa pelo menos três coisas: Estar em concordância com a vontade dele; Ter a autorização dele; fazer parte da natureza dele.

Conclusão:
  Não se deixe turbar o coração. Creia em Deus!

Por: Carlos Eduardo

Avalie o artigo:

0 comentários:

Postar um comentário

Todo tipo de comentário desrespeitoso será deletado.